PANAPLÉIA

Minha foto
Bem-vindo(a) ao Laboratório de Autoria de Panapléia! À esquerda das postagens, estão meus textos divididos em categorias e temas. À direita, indicações de blogs e as mídias sociais. No rodapé, mimos felinos e os créditos do blog. Boa leitura!

O ENIGMA DA ESFINGE



No espaço vazio do copo a lembrança do ontem,
Do hoje, do nada.
Lembrança do vazio em mim
E fora de ti.
Fora de tantos planos e planetas
Que vazaram pelo caminho.
Planejamento agora?
Planejar o quê?
Melhor do que o plano do agir é o plano do ejetar!
Nada é urgente no meu mundo,
Meu relógio anda ao contrário,
E a noite para mim é dia.
Dia de falar apenas com estranhos,
Para quem eu sou apenas ninguém e qualquer um.
Se a vida não fosse tão lenta...
Se o bem não demorasse tanto a vingar...
Que diferença faz se temos o amor ou ódio
Quando tudo não faz sentido no existir?
O sentido do não fazer,
O sentido do não querer,
O sentido do deixar de ser.
Por que seguir?
Para que seguir?
Se é mais simples me envolver nas cobertas
E me afogar nos travesseiros por dias sem fim
Para que abrir a porta para o novo e para a vida?
A escuridão me entende e não me aflinge.
A luz me ofusca e me devora.
Interrogações que não deveriam existir
Por não terem respostas...
Decifra-me ou te devoro!

| 2010 |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante...

Se tiver dúvidas no preenchimento dos campos, selecione a opção "anônimo" e assine no final (nome, cidade e estado).
Seu comentário será moderado e aprovado (ou não, no caso de spam) através do meu e-mail pessoal.
Sua participação é muito importante para a continuidade do meu trabalho.
Grata pela colaboração despenteada!

Paula Izabela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...