PANAPLÉIA

Minha foto
Bem-vindo(a) ao Laboratório de Autoria de Panapléia! À esquerda das postagens, estão meus textos divididos em categorias e temas. À direita, indicações de blogs e as mídias sociais. No rodapé, mimos felinos e os créditos do blog. Boa leitura!

I CLUBE DO LEITOR CCBNB CARIRI

"O livro constitui um meio fundamental para conhecer os valores, os saberes, o senso estético e a imaginação humana. Como vetores de criação, informação e educação, permitem que cada cultura possa imprimir seus traços essenciais e, ao mesmo tempo, ler a identidade de outras. Janela para a diversidade cultural e ponte entre as civilizações, além do tempo e do espaço, o livro é ao mesmo tempo fonte de diálogo, instrumento de intercâmbio e semente do desenvolvimento." UNESCO

DIAGNÓSTICO:

“Todos os usos da palavra a todos me parece um bom tema, sonoramente democrático. Não exatamente porque todos sejam artistas, mas porque ninguém é escravo.” Gianni Rodari

O Libray literaty planning guide informa os índices americanos de leitura:
- 25 milhões de adultos não sabem ler, nem escrever;
- 35 milhões são funcionalmente analfabetos (são aqueles que não conseguem ler ou preencher um formulário, tem dificuldades em decodificar as manchetes de jornais ou realizar operações numéricas);
- 70% dos 8 milhões de desempregados se ressentem pelo déficit de leitura e escrita;
- Cerca de 1/3 das mães que recebem auxílio alimentação são funcionalmente analfabetas;
- 85% dos jovens que comparecem perante a Justiça são analfabetos funcionais;
- A população presidiária representa a mais alta concentração de analfabetos funcionais.

Com os últimos resultados publicados em Retratos da Leitura no Brasil é preocupante a ausência do hábito da leitura na população brasileira. Detecta-se um visível desconhecimento de leitura literária brasileira e estrangeira. A pesquisa também aponta as regiões Norte e Nordeste como as que apresentam maiores déficits de leitura.

Em consonância com a preocupação sobre os resultados da pesquisa e sobre a leitura literária, o CLUBE DO LEITOR está sendo implantado na Biblioteca Inspiração Nordestina para fomento da leitura e formação do leitor cultural.

OBJETIVO:

“Bibliotecas são instituições básicas da educação que antecedem, na verdade, às escolas.” Anísio Teixeira

Programa de difusão e apreciação literária, o CLUBE DO LEITOR CCBNB funciona como ponto de encontro literário para criação de vínculo com a biblioteca e de intercâmbio entre usuários. Um espaço destinado ao estímulo cultural através de leituras coletivas, discussões direcionadas e interação dos visitantes, estreitando laços de saudável convivência. Pretende ainda, divulgar o acervo das bibliotecas Inspiração Nordestina e promover o acesso gratuito ao acervo, estimulando o estudo da obra de autores brasileiros – em especial, os nordestinos e/ou contemporâneos.

ESTRATÉGIA:

“O que fazemos com a leitura a que estamos condenados?” Gustavo Bernardo

Clubes de leitores têm sido apontados por estudiosos como um meio indispensável na contribuição para uma mudança de atitude com relação à leitura. O projeto, elaborado pelas professoras Solange Kate e Sarah Diva em Fortaleza, busca uma convivência mais efetiva e dinâmica com a biblioteca, tornando-a um lugar mais atraente. Ler, conhecer, sentir, imaginar, pensar, compartilhar – tudo isso será experimentado nesse espaço para anseios e fantasias, tendo o imaginário como território sem fronteiras.

Cada encontro mensal terá a duração de 120 minutos e ocorrerá no interior da Biblioteca Inspiração Nordestina. O produtor/mediador apresenta um pouco da biografia dos autores estudados e o professor convidado discute os textos impressos com os participantes. Cada ouvinte receberá uma pasta com seu material.

PROGRAMAÇÃO NO CARIRI:

“Quando sonhamos juntos, o sonho se torna realidade.” Dom Helder Câmera

O nosso primeiro encontro será no dia 06 de abril de 2010, às 17h, na Biblioteca Inspiração Nordestina do CCBNB Cariri e será conduzido pelo professor Éder Tertuliano. O momento será dedicado ao bibliófilo José Mindlin – in memorian – e tem por tema “Cronistas cearenses”. Na oportunidade serão lidas e discutidas crônicas dos cearenses Ana Miranda, Pedro Salgueiro e Ricardo Kelmer. Após alguns meses no estudo da crônica iremos partir para outros gêneros literários: conto, poesia, novela e romance.

O segundo encontro está previsto para 06 de maio de 2010 (aguarde confirmação). Nesses primeiros meses, o CLUBE DO LEITOR está sob produção e mediação de Paula Izabela, professora de Literatura. A coordenação do programa pertence a Isabel Leal, bibliotecária do CCBNB Cariri, a quem deverá ser encaminhada qualquer sugestão.

DEPOIMENTOS:

"É a biblioteca como um clube: um lugar onde as pessoas se encontram para participar de um grupo e, principalmente, compartilhar novas leituras e conhecimentos. O lugar do exercício da palavra Neste imenso abrigo de palavras, vamos conviver com as mais diversas expressões e estilos literários que habitam a biblioteca do ´Inspiração nordestina´: crônica, conto, novela, poesia, romance, literatura infantil, entre outros. Vamos trocar ideias e abrir muitas portas, porque o encontro nos ensina a construir pontes para outros universos culturais. abriremos a primeira porta desta casa das palavras pela ‘vida ao rés-do-chão’, como assim o nosso maior crítico literário Antonio Candido bem definiu o gênero Crônica. Veremos a vida através dos olhos de grandes cronistas brasileiros que, aliás, confirmam nosso talento para o gênero. Afinal, nascemos como povo por meio de uma crônica: a carta de Pero Vaz Caminha", esclarece Solange Kate, produtora e idealizadora da iniciativa no CCBNB de Fortaleza, em entrevista para o Caderno 3 do Diário do Nordeste.

"A biblioteca é um grande suporte para uma relação mais próxima com a cultura escrita e o conhecimento. Com o objetivo de uma convivência mais efetiva e dinâmica do público com a biblioteca, é que está sendo criado o Clube do Leitor CCBNB. A nossa biblioteca é muito utilizada. Temos um volume grande de visitantes, mas que vão quase sempre para ler jornais ou fazer pesquisa. As pessoas vêm acessar a Internet, ficar na sala de estudos. Mas achamos que deveríamos incrementar a leitura literária. Pensamos então em elaborar alguma ação no sentido de atraí-los para a literatura. Escolhemos iniciar pela crônica por ser um gênero voltado ao cotidiano, com estrutura mais simples e mais rápido de consumir. Queremos que elas venham ler por ler, não só para estudar", explica a coordenadora do Clube do Leitor CCBNB Fortaleza, Jacqueline Medeiros, em entrevista para o Vida & Arte de O Povo.

“O fato de termos apenas um encontro mensal, não impede que se formem pequenos grupos para leitura e discussão de outras obras. Daremos indicações de livros em todos os encontros para estimular essa busca. A intenção é contaminar os participantes a se aproximarem do texto com mais entusiasmo, vendo a Literatura como instrumento de percepção e registro de experiências diversas. Espero que não demoremos a ter iniciativas desse porte em outras instituições da região”, ressalta Paula Izabela, produtora e mediadora do Clube do Leitor CCBNB Cariri.

“Iniciativa de grande importância, essa do CCBN, pois a leitura é uma ferramenta para a construção de vários valores que realmente dão sentido à vida de um ser humano. Lembrando que nos Estados Unidos as pessoas já fazem o clube de leitura nas próprias casas, espero que esse exemplo sirva de incentivo para que o projeto se expanda para todos os lugares de Fortaleza e do estado como um todo”, afirma o leitor Eduardo em depoimento para O Povo on line.

“É de grande satisfação que venho parabenizar ao CCBN pela iniciativa de iniciar um clube de leitores para ter a fusão de integrantes com o mesmo objetivo e estreitar laços com o conhecimento. Apreciei o conteúdo lido acima mas fiquei muito triste com os horários propostos. Infelizmente haverá pessoas que gostariam muito de participar mas pelo fato de ser em horário comercial estarão em outras ocupações, como trabalho ou estudos, isso inclue a mim”, lamenta a leitora Érika em depoimento para O Povo on line.


INFORMAÇÕES:

Jacqueline Medeiros (coordenadora do Clube do Leitor CCBNB Fortaleza) – jacquerlm@bnb.gov.br

Solange Kate (produtora e organizadora do Clube do Leitor CCBNB Fortaleza) – skav@oi.com.br

Isabel Leal (coordenadora do Clube do Leitor CCBNB Cariri) – mariaisabelml@bnb.gov.br

Paula Izabela (produtora e mediadora do Clube do Leitor CCBNB Cariri) – paulaizabela@ig.com.br

Um comentário:

  1. Parabéns, mizifia! E longa vida ao Clube do Leitor!
    Ricardo Kelmer, São Paulo-SP

    ResponderExcluir

Caro visitante...

Se tiver dúvidas no preenchimento dos campos, selecione a opção "anônimo" e assine no final (nome, cidade e estado).
Seu comentário será moderado e aprovado (ou não, no caso de spam) através do meu e-mail pessoal.
Sua participação é muito importante para a continuidade do meu trabalho.
Grata pela colaboração despenteada!

Paula Izabela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...